Beleza

Hábitos do dia a dia que não estão te deixando emagrecer


CONFUNDIR DIETA E REEDUCAÇÃO ALIMENTAR

Luciana Lopes, endocrinologista e membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), conta que a obesidade é uma interação entre genética e o meio ambiente. Ou seja: se você seguir um cardápio restritivo por um período determinado e depois retomar os maus hábitos, VAI VOLTAR A ENGORDAR. A reeducação alimentar, por outro lado, vai promover uma MUDANÇA GRADUAL NA SUA ALIMENTAÇÃO, algo duradouro. “Se não, você volta a engordar. Manter o peso é mais difícil que perder”, explica.

DEIXAR-SE ENGANAR POR COMBINAÇÕES DE ALIMENTOS

Apesar de naturais ou saudáveis, alguns alimentos são sim bastante calóricos. É aí que mora a confusão: você pode achar que por ter INGREDIENTES ORGÂNICOS OU INTEGRAIS aquele lanchinho está liberado, mas não é bem assim. “Pastel de forno integral, por exemplo, engorda. É preciso englobar o que é saudável com as calorias baixas”, fala Luciana.

O mesmo ocorre com a estrela do inverno, a SOPA. Caldos leves são sim uma ótima opção para essa época do ano, mas é necessário ficar atenta, principalmente às muito calóricas, como as de ervilha, o caldo verde a de cebola e as que levam queijo e creme de leite em seu preparo. Mesmo se o creme não for calórico, no entanto, ele PODE CAMUFLAR OUTRO PROBLEMA. “À noite, a pessoa toma uma sopa e fica beliscando até dormir. Fica pior”, destaca a endocrinologista.

EXAGERAR NA INGESTÃO DE CARBOIDRATO

Esse tópico está muito ligado ao que foi dito acima, afinal, a BATATA DOCE E OS PÃES INTEGRAIS parecem mocinhos da boa forma, mas é necessário cautela. “Eles são saudáveis, mas NÃO DEIXAM DE SER CARBOIDRATOS”, explica Thaianna Velascos, nutricionista funcional da Clínica Helena Costa, no Rio de Janeiro. Seu consumo deve ser feito de acordo com O GASTO DE ENERGIA PESSOAL. Então, se você é sedentário, sua ingestão deste tipo de alimento deve ser bem menor do que a de alguém que pratica atividades.

FAZER INTERVALOS MUITO GRANDES ENTRE AS REFEIÇÕES

Você é do tipo que se pergunta como pode ganhar peso se não come quase nada? Luciana tem a resposta: “DEIXAR DE COMER NÃO É DIETA”. Portanto, fique atenta aos intervalos entre uma refeição e outra. Comer de três em três horas é o ideal, mas nem todo mundo consegue. Se você ficar oito horas em jejum, quando for comer, vai se alimentar de forma irracional. “A CALORIA DE UMA VEZ SÓ É PIOR do que quando ela é fracionada. Melhor dividir durante o dia”, aconselha a médica.

DEIXAR OS EXERCÍCIOS FÍSICOS DE LADO

A ATIVIDADE FÍSICA AJUDA A ACELERAR O METABOLISMO e, consequentemente, gastar calorias e energia acumulada no corpo. Achar a forma ideal de se exercitar é importante. “Alie com o prazer. Só na obrigação não dá certo”, afirma Luciana. A endocrinologista comenta ainda que o mundo é muito sedentário: ficar pelo menos duas horas na frente da televisão ou do computador, por exemplo, é um fator obesogênico, ou seja, que estimula ou mantém a obesidade.

ESQUECER O SAL E AÇÚCAR ESCONDIDOS NOS ALIMENTOS

Não é porque o sal é o açúcar não foram adicionados em uma refeição que eles não estão ali. ALIMENTOS INDUSTRIALIZADOS CONTÊM ESSAS SUBSTÂNCIAS AOS MONTES. “Enlatados, congelados, refrigerantes, azeitona, palmito e milho têm muito sal. Ele funciona como conservante”, explica a nutricionista Thainna. Ela ainda recomenda que a água destes alimentos seja trocada pela filtrada e o atum em conserva seja lavado antes de consumido.

DAR OUVIDOS ÀS TENTAÇÕES

Se cada vez que a tentação cutucar teu ombro pedindo uma chance você disser sim, o resultado esperado estará sendo adiado. É PRECISO FOCO. “Não se deve fazer uma restrição absurda, mas se toda hora se der ao luxo de comer algo fora do estipulado, a coisa se perde”, comenta a endocrinologista Luciana.

FICAR SEM BEBER ÁGUA

Segundo a nutricionista Thaianna, não consumir a quantidade de água necessária durante um dia faz com que você fique com SENSAÇÃO DE BUSCA. “Assim você ingere muito mais calorias”, explica.

Com informações: Portal DaquiDali

Autor: Redação Ferreguion

Tecnologia do Blogger.